Sêmen PS: DEP ajuda centrais faturar mais

Sêmen PS: DEP ajuda centrais faturar mais

Até o ano de 2014 apenas os mais envolvidos na comercialização de sêmen bovino conheciam o termo PS, que significa Prestação de Serviço. Este sêmen não vai para o mercado diretamente. É utilizado pelos próprios pecuaristas nos acasalamentos intrarrebanho ou comercializado por eles mesmos com outros criadores.

Sérgio Saud, presidente da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), estima que esse segmento represente 8% da produção total de sêmen no Brasil e computa um crescimento de 12% nos últimos três anos para a categoria. Todavia, duas das maiores empresas de PS do País cresceram na ordem de 50% no mesmo período.

O executivo explica que a discrepância ocorre porque a Asbia não contabiliza doses de recomércio – sêmen adquirido das centrais PS e revendido pelas empresas comerciais. Uma prova de como esse setor é próspero está na inauguração da nova Central Bela Vista, da qual fui convidado a participar. O aporte do grupo holandês que controla  a empresa foi de nada menos que R$ 20 milhões. E ninguém “brinca” de investir com uma grana dessa.

346 views

Venda de touros não decola em 2016

Venda de touros não decola em 2016

Diferente do que vimos nos últimos anos, a venda de reprodutores não decolou e as médias de preço registradas declinaram nas principais leiloeiras do Brasil. A explicação está na combinação explosiva entre seca, crise políticoeconômica e virada do ciclo pecuário.

O resultado não poderia ser outro que a queda nas vendas e nos preços. Se em 2015, vimos touros comercializados a uma média entre R$ 10 e R$ 12 mil, no ano passado as médias mal passaram dos R$ 9 mil. Mas, ainda assim estão em patamares satisfatórios. 

Maurício Tonhá, proprietário da Estância Bahia Leilões já esperava um ano difícil. “A pecuária terminou com preço mais barato do que começou”, disse o empresário ainda no último mês de novembro. A Estância Bahia também amargou uma queda de 15% na comercialização de touros.

354 views