A remissão do caranguejo

A remissão do caranguejo

Menino ou menina, toda a criança um dia assistiu Luluzinha, seja o original de 1935, o remasterizado ou o arquivo MP4. Um dos personagens era um garoto de apelido Bolinha. Bolinha tinha um clube fechado para garotos que também levou seu nome: Clube do Bolinha.

Não sei dizer se o termo nasceu aí ou perpetuado pelo célebre apresentador Bolinha (Edson Cury), sucesso na TV brasileira nos anos 70 e 80, mas, eu, particularmente, me familiarizei através do desenho. A ABCZ, por muitas décadas, e até um passado mais recente, teve sua fase de Clube do Bolinha.

Um seleto grupo de 1.000 associados ditava o tom nas pistas e buscavam valorizar seus bovinos PO a todo custo.  O alvo, como sempre, o alto empresariado, políticos e artistas brasileiros. História que agora começa a mudar após o mercado guinar no rumo mais profissional – palpado no investimento seguro.

207 views

O arranque e a eficiência do 3.0

O arranque e a eficiência do 3.0

Dizem que uma das melhores coisas da profissão de jornalista é escrever, algo que eu aprecio muitíssimo. Mas, uma das virtudes que eu mais estimo é escutar as pessoas. Muitas vezes pecamos por não ouvir quem está ao nosso redor.

Sempre surge algo de interessante numa boa prosa e por que não dizer oportuno. Escrevendo uma matéria na Revista AG sobre o touro provado que eu apelidei de Nelore 3.0, que nada mais é que o Nelore Avaliado Geneticamente, conheci o trabalho de Bruno Barcellos. 

Bruno é um entre as centenas de milhares de outros criadores existentes no Brasil e representa muito bem o processo de sucessão por qual passa a pecuária brasileira. Fazendeiro de berço, sentiu a necessidade de melhorar os índices produtivos do rebanho, bem estagnados, como veremos nas próximas linhas.

138 views